segunda-feira, 12 de agosto de 2013

A realidade do futuro nunca será a mesma que imaginamos



  É tão fácil pensar que o destino será bondoso e nos proporcionará coisas maravilhosas, e que a nossa vida será perfeita porque no fim tudo dá certo. "No fim tudo dá certo". Como vou saber quando será isso? Por quanto tempo eu devo aguentar tudo dando errado? Eu... odeio isso! Eu gosto de saber que daqui a um determinado tempo eu estarei com a vida feita, e poder dizer que tudo está dando certo. Não gosto de me sentir insegura. Ficar esperando que o destino prepare algo para mim, é desesperador. O destino, na realidade, é só uma palavra; quem deve ter capacidades, talentos, e força de vontade, são os seres humanos.

Beijos da Nega

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Só uma pequena listinha...

    

Todo adolescente sabe como essa vida é corrida quando se tem objetivos. Só a escola já toma boa parte do nosso tempo, e ainda para ajudar tem enem e vestibular, trabalho... Pois é, eu vivo essa realidade, e para pesar mais um pouco, faço curso de inglês. Parece que eu estou sempre ocupada, e fica difícil conseguir tempo para escrever. O jeito mais viável de relaxar é assistir grey's anatomy com o meu namorado. 
   É tudo tão... Corrido. Parece que 24 horas é pouco! Você com certeza já deve ter ouvido essa frase. A questão é: O que eu deixei de fazer, por que não tive tempo? Quantas noites eu não fui dormir tarde só para esticar um pouquinho mais o meu dia? Bem, são várias coisas - ok, não muitas - que eu gostaria muito de ter feito, e que ainda não deu tempo. Por que estou lembrando disso agora? Porque faltam dezoito dias para eu completar 17 anos. 17! E ainda não consegui fazer quase nada do que eu tinha em mente. Confesso que estou um pouco frustrada com isso, sempre gostei dessa coisa de cumprir prazos, metas, objetivos. E, infelizmente, a minha lista de "coisas para se fazer antes dos dezessete anos" não está completa. E em dezoito dias eu não vou conseguir completar. ):
    
Lá vai a lista!
    
   1 ° Arrumar um emprego: Conseguir um estágio no ensino médio na área administrativa não foi nada fácil. Não era um sonho, eu nem gosto taaaanto assim de administração! Na realidade, isso até atrapalha um pouco as vezes; assim fica muito difícil cumprir as outras "tarefas'' que virão a seguir na lista.

N°1: cumprida!

   2° Escrever um livro: Desde que eu tinha uns doze anos, mais ou menos, eu penso em como seria escrever um livro. Nunca tive dificuldade para escrever, desde que não seja um tema que eu não deteste tanto, eu "tiro de letra". Então, há exatamente dois anos atrás, sob influencia de três amigonas minhas da época, eu criei um tumblr e comecei a escrever, e há um ano, comecei um livro, mas, com o meu escasso tempo disponível, eu não consigo concluir meu trabalho!

N°2: Em andamento!

  3° Fazer ballet: Ah! Ballet! Sinto um orgulho tão grande quando abro minha gaveta e vejo meu uniforme de ballet. Tudo bem, eu já não o uso há um bom tempo, porque eu parei de dançar, mesmo assim, é ótimo saber que eu consegui realizar um sonho de infância, apesar de boa parte achar que já era tarde demais.

N° 3: cumprida!

   4° Ler a coleção de livros vaga-lume: Para quem não sabe, essa coleção não é muito pequena, são vários livrinhos de cerca de cem páginas, cada um escrito por um autor brasileiro diferente. São bem infantis, (comparados à outros que eu gosto) e ao mesmo tempo ótimos para relaxar. Ainda não consegui ler todos, porque sempre que vou a biblioteca acabo encontrando um outro volume que me interesso, e esses acabam ficando de lado.

N° 4: Falhou!

   5° Ter um diário, e não, semanário: Bem, eu tenho um caderno que anoto minha vida, - isso me lembra o livro a casa dos espíritos - já é o terceiro, só que eu nunca consegui escrever do dia 1° de janeiro, até 31 de dezembro sem falhar um dia. As vezes eu escrevo apenas algumas linhas na semana. Desde pequena eu tenho vontade de fazer isso. É uma maneira de lembrar de todos os momentos marcantes da sua vida, sem esquecer nada.

N° 5: Talvez algum dia!

   6° Ser mais calma:  Como herança-não-tão-boa-de-família, eu herdei a "capacidade" de me estressar facilmente. Por mais que eu tente disfarçar, quando eu estou com esse tipo de... humor, eu não consigo me comportar como se estivesse calma. Venho tentando a séculos me tornar uma pessoa psiquicamente saudável, já que quero me formar em psicologia, mas não tenho obtido sucesso, e nem progressos muito significativos. Não, eu não sou um monstro que quebra tudo o tempo todo, e muito menos estúpida. Isso prejudica mais a mim do que aos outros, eu acho. Parece que eu explodo por dentro, já que não posso - e nem devo - expor exatamente o que eu estou sentindo. 

N° 6: Falhou!

   7° Ler a coleção do Nicholas Sparks: Bom, eu ainda não li porque a coleção é um pouco grande, e não encontrei nas bibliotecas da cidade. E comprar a coleção toda não é uma boa ideia para quem tenta guardar dinheiro, ao invés de gastá-lo.

N° 7: Em andamento!

   8° Aprender a tocar violão: Sou apaixonada por rock, adoro preto, e neste momento estou usando meu xodó, que é a camiseta do linkin park. E consequentemente, espera-se que eu seja apaixonada por algum instrumento do tipo, no caso, guitarra. Mas eu nunca me imaginei tocando guitarra, e por ter um temperamento um pouco forte, eu pensei em um instrumento que pudesse me relaxar. Violão! Porém, - como sempre, tem um porém - eu sou canhoteira, o que dificulta aprender com qualquer pessoa, eu precisaria fazer aulas, mas desde os dez anos eu sempre tenho alguma atividade - capoeira, curso de informática, catequese, ballet, inglês - e nunca consegui encaixar as aulas nos meus horários. Nunca tentei de verdade, mas eu sei que seria um pouco complicado.

N° 8 : Falhou!

   9° Descobrir quem eu realmente sou: Eu poderia fazer uma lista com dez tópicos, mas resumidamente, isso é tudo que eu queria ter feito antes do dia 26 desse mês. Algumas eu consegui, outras eu tenho certeza que ainda vou, ou é batalha perdida. Agora, descobrir quem eu realmente sou, foi a mais difícil delas até agora. É um processo natural, mas exige muita atenção, ou você se torna um zumbi da sociedade e faz tudo que ela faz, sem ao menos perceber que não sabe nem do que realmente gosta e tudo que faz, é porque os outros fazem, ou gostam. Bem, eu consegui passar por isso. Eu não faço mais nada por causa de outra pessoa - a não ser que seja em prol dela -. Tenho a minha personalidade, que é única. E ninguém vai poder tirar de mim. Agora, eu sou essa pessoa: Helen, 16 anos e onze meses, totalmente fora dos padrões de beleza, cabelo encaracolado e vermelho, morena, gosta de comer a sobremesa antes do prato principal e de livros que ninguém quer ler. Tem pavor de ficar com o cabelo liso - eu disse ficar, e não ver -, e com um corte que não seja todo 'cortado', repicado, desfiado e assimétrico. Ama matemática, física e química. adora tirar fotos e paisagens, embora não tenha tempo para isso, e ninguém saiba. Ama de paixão o ballet, e prefere passar as madrugadas escrevendo, ao invés de ficar em uma festa. E não aceita uma opinião alheia que seja só para tentar torná-la mais comum. Odeia academia, chegou a essa conclusão após uma longa estadia no recinto: quase duas horas. E vai parar de escrever agora, porque é complexa demais, e levaria muito tempo para descrever tudo.

N° 9: Cumprida! Terminada!

Beijos da Nega.

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

VOCÊ É INSUBSTITUÍVEL


   O nome do livro pode até ser uma frase clichê, mas o conteúdo dele é único. Ninguém é capaz de escrever palavras de incentivo como o nosso querido Augusto Cury, e eu, como aspirante a psicóloga, não poderia deixar de amar as sábias palavras que ele coloca no papel.
  Não li muitos livros dele até hoje, - mas um dia eu ainda ou ler, possivelmente depois que eu passar no vestibular de psicologia e tiver tempo para apreciar esse tipo de leitura, ao invés dos livros clássicos - e os poucos que eu conheço são incríveis. Vale mesmo a pena ler, até mesmo para quem não gosta dessa cosia de auto-ajuda, até porque ele mesmo disse em um dos livros, que ele escreve livros de ciências aplicas, e não de auto-ajuda. Enfim! Ele é incrível, e não é a toa que ele é tão famoso. Já disse que eu sou fã dele?
  Chega de idolatria, chega de enrolação, vamos logo falar dessa belezinha de livro aí! 
  Ele não é composto por uma história como o livro o vendedor de sonhos, por exemplo. Ele apenas cita fatos da sua vida, desde o momento em que dá o seu primeiro de vida. E o melhor de tudo, é um livro que nos faz pensar e repensar sobre as nossas atitudes de prioridades, fazendo perguntas do tipo: 

   "Todo ser humano passa por turbulências na vida. A alguns falta o pão na messa; a outros, a alegria na alma. Uns lutam para sobrevive. Outros são ricos e abastados, mas mendigam o pão da tranquilidade e da felicidade. Que pão falta em sua vida?"

  Esse jeito que ele tem de explicar as coisas utilizando comparações torna suas obras tão gostosas de ler... - Sou fissura por comparações.
  Não há muito o que ficar explicando sobre o livro, mas acredite, se você está ou conhece alguém que precisa de uma segunda opinião profissional que o incentive a seguir em frente sem reclamar, com muita força de vontade, esperança e perseverança, esse é o livro que eu indico. 

Beijos da Nega 

domingo, 28 de julho de 2013

TÚNEL DO TEMPO


Olá pessoal!

   Hoje é aniversário da minha querida amiga Rafaela, e isso me deu a ideia de compartilhar com vocês algumas sugestões de decoração para festas. Escolhi o tema anos 60, que particularmente acho o máximo!
   Esse tema é legal para pessoas que não querem ter o trabalho de escolher as cores para decorar o salão de festas. Eu mesma por exemplo, não gosto nenhum um pouco dessa parte, não sou muito adepta a cores, então pra não deixar o salão todo preto e vermelho, parecendo uma festa inspirada em vampiros, eu decidi que minha próxima festa terá todas as cores, de forma implícita. (considerando que o preto é a ausência de cores, e o branco é a mistura de todas elas).
   Enfim! Vamos a decoração.


   A mesa dos docinhos. Como eu sou quase uma formiga, depois do painel central onde fica o bolo e tal, essa é a parte que mas me chama a atenção. Essa foi a foto mais parecida com o que eu acho que ficaria legal para essa mesa. Bem, a mesa em si, eu adorei, (adoro essas mesas transparentes). 


    Essa seria uma boa ideia para quem não gostaria de ter um linóleo quadriculado no chão na pista de dança, e  nem aquele painel de bexigas atrás da mesa do bolo. Para os amantes da música, ela está bem demonstrada neste pequeno espaço sem cores. Essa mesinha pequena do lado ficaria bem legal para colocar os presentes, mas é claro, ficaria bem melhor se estivesse enfeitada com TNT em volta franzidinho.




   Simplesmente amei essas mesas, adoro quando as toalhas são de cores diferentes. E na segunda foto, esses laços atrás da cadeira....*---*

    Gente, essa é a minha sugestão de hoje, espero que tenham gostado. É uma boa opção para não colorir e ainda sim não perder o toque feminino,

beijos da nega  







sábado, 27 de julho de 2013

"Você acredita em fantasmas?
Não? Ah, pois eu sim. Mas não aqueles fantasmas que nós vemos em filmes de terror.
Acredito nos fantasmas da memória.
Aqueles que nos assombram em uma madrugada de insônia e nos fazem chorar e suspirar pensando neles.
Ou aqueles fantasmas que são bons, boas memórias que nos fazem dar boas risadas.
Acreditando ou não, fantasmas existem, só depende do seu ponto de vista"

:)

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Esperar, esperar e esperar


    - Tchau minha pequena.
    - Você vai mesmo? Você prometeu que nunca iria me deixar! - ela disse brava entre lágrimas
    Ela não sabia mais o que poderia fazer para salvar o seu relacionamento. Estava tudo indo muito bem, eles se amavam, e no dia anterior eles até tinham saído pra jantar depois de irem ao cinema. Eles se comportavam como um "casal novo". Eles namoravam há quatro anos. O problema, é que ela sabia, de alguma forma, que ele atravessar o oceano seria colocar em risco essa parceria tão gostosa que eles tinham. 
    Ele estava fazendo as malas, e dentro de duas horas, ele estaria dentro do avião, partindo para a América do norte. 
    - Eu vou voltar, Lari! Não é pelo resto da vida, é só um curso.
    - Um curso na terra que você ama e sempre quis voltar! Pra que isso agora? Eu sei que não é só um curso, você vai com um diploma de arquitetura para o Canadá, e quer que eu acredite que você vai MESMO voltar para mim?
   Ela sempre foi desconfiada. Ela achava que seu namoro com ele não duraria mais que duas semanas. Sempre pensou que ele era incrível demais para ela, e vê-lo indo embora... Quantas garotas mais bonitas ou mais inteligentes que ela ele não poderia conhecer? Ela só tinha dezenove anos, e nenhuma grande façanha que a fizesse se destacar. Ela estava muito insegura. 
    - Quero! Eu amo você, e se as coisas derem certo pra mim lá, eu venho te buscar. 
    - Tá. Você vai, faz o curso, se por acaso você receber um boa proposta nesse meio tempo, você vem me buscar, do contrário, você volta. Correndo!
   - Não, eu vou voltar voando.
   Ela não riu. 
   - Olha, eu vou voltar, tudo bem minha linda. Isso não acaba aqui.
   - Vou sentir sua falta.
   - Eu sei. Eu também vou sentir sua falta. 
    Enquanto eles se abraçavam, ela não parava de pensar se aquilo que ela havia dito era tudo verdade, ou só um jeito de não vê-la chorando na hora da despedida. Se foi isso, não deu muito certo. Ela chorou demais antes dele pegar o avião. 
    Então, depois que ele se foi, ela resolveu se manter forte, pois não teria mais em quem se apoiar. Todas as suas amigas haviam se afastado aos poucos desde que ela começou a namorar. Talvez porque ele era o universitário mais cobiçado pelas garotas do colegial. Ou porque ela resumiu sua vida a ele, por medo de piscar e ver que ele não estava mais ali. Ela só tinha ele. Sozinha, vendo o avião ir embora, ela rezava para um dia, não tão distante, ela voltasse ela, só que dessa vez, esperando o avião pousar, e não, decolar. 


Esse foi meu texto inspirado em foto de hoje. Pretendo organizar uma listinha dos tipos de posts para cada dia da semana, coisa do tipo. Bem, por enquanto é isso, espero que tenham gostado, mas, gostaria da opinião sincera de cada um

Beijos da Nega.







Oie! =D

Morrendo de saudades daqui sabia? Minha vida meio que vira de cabeça para baixo nas últimas semanas, e eu mal consegui entrar na internet. Até o face eu deixei um pouco de lado, mas o face, apesar de estar sempre aberto no meu pc, eu ainda consigo viver sem ele. Numa boa. Já ficar sem escrever... Ai não dá ein! Por isso estou voltando, e tentarei convencer a Rafaela de postar aqui novamente. 
Enfim gente, eu voltei, e dessa vez, espero que seja para ficar por muuuuuito tempo. 

Beijos da Nega. 

domingo, 7 de julho de 2013

Apenas mais uma na sociedade



Eu sei, eu não sou o que você queria.
Não consigo ter um comportamento 'adequado', nem usar roupas adequadas. Não consigo me encaixar em grupo nenhum. Sou estranha. Mas não acho que isso seja ruim! Eu adoro as minhas esquisitices, neuroses, maninas, tiques, ataques de raiva por motivos que só eu me importo. Porque são coisas que somente eu tenho, e mais ninguém. Esse é o pacote que me compõe e me faz ser quem eu sou: pouco admirada, e talvez, secretamente odiada. Que seja. Um dia você vai entender que eu sou como sou porque nasci assim, e não foi o mundo que me fez assim. Tudo bem, talvez o ambiente que habito tenha favorecido a minha personalidade, mas... Não é um fator determinante.



sábado, 29 de junho de 2013

"Mas eu só queria dizer que dói não falar com você e que a cada minuto que eu vejo você on-line sem me chamar eu sinto que não tenho valor nenhum pra você. Que eu me enganei em pensar que um dia nós teríamos qualquer coisa além de uma amizade, que, para você, não era de muita importância. Mas só se lembre de que, para mim, você não era só mais um, e nunca vai ser.
Desculpa pelas noites noites que eu insisti pra você não sair, ou das idiotices que eu te falei. Sei que você não deve nem se lembrar da maior parte delas, mas tudo aquilo valeu a pena pra mim. Mesmo que tenha acabado em nada e que mais uma vez eu tenha sido a tonta da história. Minhas sinceras desculpas..."
-Um sms que te escrevi, que com certeza não ia mandar por falta de créditos.

domingo, 23 de junho de 2013


"Cara, você sabe a falta que me faz? Eu imagino que não.
Você não imagina a saudade que sinto das nossas conversas bestas sem sentido...
De quando eu raramente respondia seus sms e você me respondia com tanta felicidade que me fazia sorrir sozinha.
Sinto falta do seu gosto musical perfeito.
Do seu abraço quente e confortável, ou de quando sussurrava alguma bobeira no meu ouvido...
Sinto falta de quando alguém nos chamava por termos quase o mesmo nome, e poxa como eu amava ter o mesmo apelido que o seu!
Sinto falta do seu sorriso bobo, o que era tão perfeito e eu acho que nunca mais verei...
É, poxa, eu sinto tanto a sua falta, falta de você, da nossa amizade. Mas eu sei que você não sente a mínima falta de mim. Mas tudo bem, quando essa abstinência passar, eu sei que vai passar, tudo isso vai apenas parecer uma bobeira distante da minha cabeça sem sentido :)."

Wish You Were Where - Pink Floyd http://www.youtube.com/watch?v=JQ4wX76_oMI


       Não quero que espere eu cair, e me levante quando eu já estiver machucada. Me apoie, assim eu sempre seguirei de pé; com a sua ajuda. Não é dependência - tá, talvez seja um pouco - é apenas a dura realidade: todo mundo precisa de alguém. Por mais que você negue, você precisa, pelo simples fato de ser um humano.

sexta-feira, 21 de junho de 2013


Oi :)
Ultimamente venho escutando muitos estilos de músicas diferentes do que sou acostumada a escutar (My Chemical Romance como sempre haha). E entre uma banda diferente e outra, encontrei Imagine Dragons, que é uma banda de Indie Rock (*-*) de Las Vegas (*-*²) e acabei me viciando neles. As letras são bem reflexivas e legais e o som é simplesmente demais!
Aqui vai o link de algumas das minhas músicas prediletas até agora:
Radioactive - http://www.youtube.com/watch?v=ktvTqknDobU
It's Time - http://www.youtube.com/watch?v=sENM2wA_FTg
Amsterdam - http://www.youtube.com/watch?v=TKtPXO5iEnA
On The Top Of The World - http://www.youtube.com/watch?v=wCVrC7Dg2qo
Bleeding Out - http://www.youtube.com/watch?v=gJEoxeW7JvQ
Fallen - http://www.youtube.com/watch?v=Xdm8SgMMhdM

Espero que gostem :3
bjs u-u

quinta-feira, 20 de junho de 2013



         Você é a razão da minha vida, sabia? Todo dia quando eu acordo com a maior preguiça do mundo, eu me lembro que vou te ver, assim minha visão sobre o dia tedioso e monótomo que eu tinha em mente, se transforma em uma bela visão; um dia maravilhoso. Só porque eu vou te ver, te ouvir cantar as músicas que eu não gosto, fazer as brincadeiras bobas e sem sentido. E me reconfortar com um abraço do jeito que só você consegue. Você é a pessoa que me dá forças para levantar e seguir meus sonhos, pois eu sei que você sempre estará comigo para me apoiar, e me ajudar a realizar todos meus sonhos malucos e impossíveis. 

segunda-feira, 17 de junho de 2013



"Não se preocupe, na vida tudo passa.
Se está difícil agora, logo mais você vera que aquilo era apenas uma dorzinha banal.
Um dos nossos objetivos nessa vida, é fazer alguma coisa que nos deixem felizes, mas para isso acontecer, devemos provar um pouco da dor, por que como sem a dor reconheceríamos o prazer?
Então querido, não desista, não ache que está difícil de suportar, essa é apenas uma das dores de todas que você irá sentir, para no fim ser feliz e completo!"

sábado, 15 de junho de 2013

Left Behind

       

      Roupas... confere. Remédio para dor de cabeça, estômago e colírio... confere. Sapatos... confere. Bobagens desnecessárias que eu insisto em carregar... confere. 
      Tudo mais do que pronto para pegar o avião de deixar o trabalho de lado nos próximos quinze dias. É difícil abandonar o trabalho, minha casa. Estão sempre precisando de mim o tempo todo. E é justamente por isso que preciso me afastar. Eles vão ter que aprender ficar sem mim por um tempo; e eu, tenho que aprender a viver sem minha rotina controlada. Preciso começar a viver de verdade, já adiei esse dia por muito tempo. - E ainda fingo ser uma pessoa pontual - Tenho que parar de agir como se o trabalho fosse a coisa mais essencial do mundo. É só... Trabalho. É uma consequência da vida, e não a vida em si. 
     Bom, está na hora de ir. Eu vou sobreviver sem agenda. Vou sim. 

quinta-feira, 13 de junho de 2013


"Mas por que eu sinto tanto a sua falta?
Por que eu sempre te procuro com o olhar?
Por que eu ainda acho que vai voltar?
Por que eu crio esperanças sabendo que você já seguiu em frente?
E eu como sempre, ficando para trás..."

No love lost - Joy Division http://www.youtube.com/watch?v=TGRHO_yUTE0

terça-feira, 11 de junho de 2013

vamos fugir, desse lugar, baby ♪♫


As vezes ma dá uma enorme vontade de desaparecer desse mundo onde tudo que fazemos tem um propósito; estamos sempre pensando no futuro. Estudamos para ter um bom emprego, temos um bom emprego para pagar as contas, filhos para cuidar de nós na velhice, descontos do nosso salário para recebermos aposentadoria.... Pois é, sempre o futuro. Queria viver só o agora, sem medo do amanhã, sem ficar pensando que cada curva que eu faça vá me levar a algum lugar, e que tenho que pensar mil vezes antes de fazê-la. 

sábado, 8 de junho de 2013

   

      Parecia até um sonho se tornando realidade. Eu finalmente havia encontrado um grupo de amigos em que todos eram muito parecidos comigo. Mesmas músicas, mesmos filmes, mesmos livros, mesmos Hobbies... Era tudo tão perfeito. Mas não era tão real assim. Melhor: não era tão durável.
     Um dia todos crescem e escolhem um caminho diferente, e fica difícil agir como se todos ainda estivéssemos no mesmo lugar; porque não estamos!
     Nós soltamos as mãos num movimento forçado pelo "destino". Claro que ainda tentamos desviar e voltarmos para o mesmo caminho. Entretanto, jamais será como a na nossa lembrança que guardamos com tanto carinho.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Resenha: A mansão Hollow

     Finalmente depois de tentar intercalar leitura com outras 52532 atividades, eu consegui terminar de ler A mansão Hollow, de Agatha Christie. 
   
 
  Algumas pessoas combinam de passar o tradicional fim de semana na casa de Lady Angkatell, a Mansão hollow. Midge não gosta muito da ideia, mas vai para fazer a vontade de John, seu esposo, que adora os fins de semana na mansão. E um dos motivos, é que ele encontrará lá sua amante, Henrietta. O que ninguém esperava era que uma ex-namorada de John tinha uma casa perto, e aparece do nada, tarde da noite para pedir fósforos. E uma coisa mais estranha ainda aconteceu no dia seguinte: um assassinato perto da piscina, em que todos, sem exceção de ninguém, eram suspeitos. O detetive Hercule Poirot, que estava na mansão como convidado para um almoço, começa a investigar o caso. O desfecho foi surpreendente. 
      Não posso contar mais do que isso, você precisará descobrir sozinho(a). Afinal, é um romance policial.
      Não é um romance recente, e nem um dos mais famosos da dama do crime, mas com certeza é um dos melhores romances policiais que eu já li - tá, eu não li tantos assim, mas alguns eu li. - Não está entre aqueles que todo mundo comenta, e mesmo assim, é um livro que vou ler de novo, e de novo, e de novo... Mesmo que eu já conheça o desfecho da história. E foi muito legal ler pensando "quem será o criminoso? Quem será a vítima?". Tudo isso antes mesmo do crime acontecer. 
Eu recomendo muito esse livro, sem dúvida alguma é uma ótima leitura para quem quer fugir um pouco do tipo de livro que mais lemos, - uma boa parte das pessoas - que é aquele tipo de romance sentimental. Que eu também adoro, e em breve eu vou resenhar para vocês alguns mais novos. 

      Para quem se interessar, pode comprar aqui o livro.

     Ela tem váááários outros livros também, olhe a pequena listinha:




quinta-feira, 6 de junho de 2013

RESENHA: A CULPA É DAS ESTRELAS



Essa é minha primeira resenha, então não reparem se estiver ruim :x

Hazel Grace é uma paciente terminal de um câncer nos pulmões. Quando sua mãe acha que ela está muito "depressiva" por ler o mesmo livro várias vezes e quase não ter amigos além dos pais, manda ela a um Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. É lá que ela conhece Augustus Waters, um garoto um ano mais velho que ela e que se curou de um câncer mas perdeu uma perna.
Hazel e Augustus vivem várias aventuras durante o livro *spoiler* com um fim trágico.
Eu gostei bastante do livro e achei ele muito inspirador, e espero melhorar minhas resenhas futuramente haha
Bjos

quarta-feira, 5 de junho de 2013



Se não fosse amor eu já teria desistido de nós. 
Não haveria planos, nem vontades, nem ciúmes, nem coração magoado. 
Se não fosse amor, não haveria desejo, nem o medo da solidão. 
Se não fosse amor não haveria saudade, nem o meu querido pensamento o tempo todo em você.

terça-feira, 4 de junho de 2013

just another lost text

   

      Eu sou chata, exigente, gosto de tudo do meu jeito, sou estressada por causa da correria do dia-a-dia, faço mil coisas dentro de 24 horas, e ver o pôr-do-sol é algo que eu não teria paciência. E eu não sou boa em cuidar de ninguém, no máximo de mim mesma, e olhe lá!
       Mas ainda acho que tenho direito de ser feliz, sem ser considerada uma pessoa doente do século XIX.

"Eu só queria alguém para segurar minha mão quando as coisas estivessem ruins,
E queria segurar a mão de alguém quando as coisas estiverem ruins pra ela.
Mas ás vezes as pessoas só querem que segurem as mãos delas,
E acabam soltando a sua..."

segunda-feira, 3 de junho de 2013


"Os dois pareciam o casal perfeito. Sempre em sintonia um com o outro, sempre de bom humor, sempre juntos e alegres.
O que ninguém imaginava era que entre todos aqueles sorrisos e troca de carinhos, existiam lágrimas e uma grande angústia.
Ele ás vezes se afastava do nada, parecia triste com ela, sem motivos. E ela sem saber o por que, vivia vestindo sua mascara de alegria perto dos outros, e acharem que tudo estava bem. De um dia para o outro ficava tudo bem, e ninguém precisava saber da tempestade que existia entre eles.
Tentavam ser perfeitos aos olhos dos outros.
E eles são, mas não precisam provar para ninguém."

domingo, 2 de junho de 2013

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Olá pessoal! Bom, como hoje é sexta-feira, vou postar aqui para vocês um vídeo que uns rapazes da minha cidade gravaram. Eu achei bem legal eles se referirem a praça da vila São Pedro, como "a prainha da vida São Pedro". Foi um jeito divertido de fazer uma crítica social. Porque essa é a melhor praça da cidade mas... 


Pra quem gostou, este é o canal deles no youtube. 

Boa noite! 

quinta-feira, 30 de maio de 2013


"O que é amar pra você?
Amar é aquele frio na barriga que você sente quando a pessoa está próxima de você.
É quando seu coração dispara por um simples "ooi" ou por um sorriso.
É quando você sabe que a pessoa não está bem só pelo jeito que ela te responde.
Amar é você sentir que precisa dar um espaço pra pessoa, pois assim ela fica bem, e você também.
Amar é se afastar, sabendo que isso vai doer em você, mas que vai fazer bem a ela.
É você saber a hora certa de falar as coisas e saber se controlar perto dela.
Acho que esse texto não fez muito sentido, mas amar é isso,
Talvez a definição de amar pra você sejam de outra forma, mas para mim é isso:
Uma coisa complicada, sem sentido e confusa, mas que faz muito bem ao coração."
       


Depois que já deu tudo errado, as coisas vão começar a dar certo, mas se você desistir, todo o sofrimento e lágrimas já derramadas serão perdidos. Por isso, não se deixe enganar com a densa camada de névoa a sua frente, ao invés disso, pense que a qualquer momento ela se dissipará e você seguirá seu destino como você merece. 

terça-feira, 28 de maio de 2013

                                                A CULPA É DAS ESTRELAS



ooi, logo logo vou resenhar um dos meus livros favoritos, A Culpa é das Estrelas de John Green <3

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Persistência


      


         Desistir. Humm… Uma ideia bem tentadora. Isso durou menos de um dia, eu não consigo abrir mão de nada que me pertence, que considero ser meu, ou que eu ainda quero conquistar. Eu sei que não é fácil, só que  desistir seria muito mais complicado. Por isso eu vou persistir até o fim, como eu sempre fiz, e passar por cima de qualquer probleminha, para lá na frente poder gritar "eu venci".

domingo, 26 de maio de 2013

resenhas...

Fim de semana, ótimo dia para ler, não concordam? Então, estou lendo A mansão Hollow, escrito pela dama do crime Agatha Christie. Um livro ótimo para quem gosta de um pouco do suspense das histórias de detetive. Em breve vou resenhar para vocês.


Tenha um ótimo domingo =D

Beijinhos 

sábado, 25 de maio de 2013


"Em uma tarde quente de novembro, você vai estar visitando seus parentes que já se foram, e sem motivo algum, vai olhar para o lado e ver um túmulo cinza e nele meu nome. Talvez ele esteja abandonado, talvez não.Você não se aproxima, nem se pergunta como, quando ou porque. Mas por um breve momento, você vai se lembrar de nós, das risadas, das brigas, das promessas que nunca foram cumpridas e não, você não vai se arrepender, não vai sentir saudades e não vai ficar se perguntando se poderia ter feito alguma coisa para mudar o que aconteceu. Você simplesmente vai suspirar e seguir seu caminho sem olhar para trás. Por que é isso que você tem que fazer, é isso o que todos devem fazer. Nada vai mudar meu destino, não estou dizendo que irei desistir da vida, não teria coragem suficiente para fazer isso, mas isso vai acontecer naturalmente, e não vai demorar, a cada minuto eu chego mais perto desse fim. Eu só peço, que faça o que é o certo, que siga em frente, realize seus sonhos e nunca se lamente por nada, pois eu serei apenas uma memória antiga que em algum pouco tempo se apagará, para sempre."

sexta-feira, 24 de maio de 2013


Na janela, seus registros, seus livros, o nosso café da manhã, nossas tardes, nossas noites, nossos corpos derramados juntos, dormindo. 

As correntes minúsculas fluindo, imediatas e para sempre. Sua perna, minha perna, seu braço, meu braço, o seu sorriso e o seu calor que me fez rir de novo .



Por: Adrien Souza

"Quem nunca se sentiu tão feliz em um relacionamento, que achou que seria assim pra sempre?
Quem nunca ficou com tanta saudade da pessoa, que achou que nunca mais veria ela de novo?
Quem nunca quis que aquele momento perfeito durasse pra sempre?
E quem nunca brigou com a pessoa e achou que ela nunca voltaria ao normal contigo?
Em relacionamentos, amizades, na vida, tudo passa. Alegrias, tristezas, momentos bons e ruins, a angústia e a saudade, a tensão e nervosismo, por que no fim, tudo fica bem, tudo passa, mesmo você acreditando nisso ou não.
Mesmo se demorar, se parecer que vai ser eterna a insegurança, a tristeza, vai passar..."

quinta-feira, 23 de maio de 2013



"Me lembro como se fosse ontem de tudo o que me disse naquela noite, da alegria e da angústia que se apertou em meu coração naquele momento. Fiquei confusa, não sabia se era realmente o certo a fazer, mas fui e fiz. Duas manhãs depois, eu te vi chegando, com aquele jeito fofo de andar, e seu sorriso perfeito. Meu coração saltitou feito louco quando me disse 'ooi' e depois se sentou ao meu lado. Um pouco depois, eu senti a maciez dos seus lábios e vi seu sorriso de surpresa. E correu tudo muito bem, e está tudo muito bem.
Ninguém nunca me deixou e deixa tão feliz como você deixa. Não parece que se passou apenas um mês, sinto que estou a uma vida inteira contigo. É meio difícil expressar esse sentimento em palavras, mas você é o que me deixa feliz e me faz sorrir todos os dias"
<3

Rock no colégio!


Amanhã será anivérsio do colégio onde eu e a Rafaelita estudamos, e por causa disso, levaram uma banda daqui da cidade mesmo para tocar. A cidade é pequena e tals, mas olha, a banda é muito boa!!!


Gustavo Rampazzo, na guitarra 

Marcelinho no vocal



banda *--*
Gustavo e Giovanni (o guitarrista)

Aline Trigo, a vocalista. (Simplesmente amei o cabelo vermelho dela. Pessoalmente a cor é mais viva). E no fundo, Grulu, o baterista.



Claro, eu também tinha que ter tirado fotos rsrs




Vivian, da minha sala tirando fotos com a gente. 
      Eu queria ter filmado e tirado fotos com uma qualidade melhor, mas... Não foi dessa vez, porque ninguém estava sabendo de nada, então eu não levei minha câmera.
     

Beijos :*

         SOBRE MÚSICAS E INSPIRAÇÃO
Tem gente que se inspira em outras pessoas, se inspiram em imagens; Tem gente que nem sabe como se inspira, apenas tem inspiração.
Eu me inspiro em músicas, em um momento estou tentando entender a letra e no outro sinto uma louca vontade de escrever...
Bom, aqui vai o link de algumas músicas que me trazem muita inspiração, espero que gostem :)
(eu amo essa foto <3)

Disenchanted - My Chemical Romance http://www.youtube.com/watch?v=nJZhYpXlFls
Cancer - My Chemical Romance http://www.youtube.com/watch?v=WrizrrmTuZ4
Cemetery Drive - My Chemical Romance http://www.youtube.com/watch?v=6c1uCHFYG5M
Helena - My Chemical Romance http://www.youtube.com/watch?v=dk5-gCc_4s4
The Ghost Of You - My Chemical Romance http://www.youtube.com/watch?v=uCUpvTMis-Y
Sing - My Chemical Romance http://www.youtube.com/watch?v=hTgnDLWeeaM

S/C/A/R/E/C/R/O/W - My Chemical Romance http://www.youtube.com/watch?v=m4xq9_9QKJY
The Light Behind Your Eyes - My Chemical Romance http://www.youtube.com/watch?v=ZSg-eHng52E
The Only Hope For Me Is You - My Chemical Romance http://www.youtube.com/watch?v=9xAzqKEYaCs
 This Is How I Disappear - My Chemical Romance http://www.youtube.com/watch?v=m3QmbsLvrN0
Vampires Will Never Hurt You - My Chemical Romance http://www.youtube.com/watch?v=MIBpMXN6TjY
To The End - My Chemical Romance http://www.youtube.com/watch?v=YEVAxsZZrWQ
There Is A Light That Never Goes Out - The Smiths http://www.youtube.com/watch?v=n-cD4oLk_D0
Asleep - The Smiths http://www.youtube.com/watch?v=-CGIii_eTOk
Under The Water - The Pretty Reckless http://www.youtube.com/watch?v=ZsLvrBwPrA0
Just Tonight - The Pretty Reckless http://www.youtube.com/watch?v=Y7VGOnV2QhU
Victim - Avenged Sevenfold http://www.youtube.com/watch?v=-UvyvpmMDHg
Unholy Confessions - Avenged Sevenfold http://www.youtube.com/watch?v=I-QaFWURsMU

Bom, que eu me lembre são essas haha
ps: já disse que My Chemical Romance é minha banda predileta?

fotos....

Haha, agora nós teremos uma "modelo fotográfica.
Andressa Vilas Bôas 

Bom, espero que gostem das fotos que postaremos futuramente.

Bjsssss